sábado, 13 de agosto de 2011

Derek Jeter ganha homenagem e alguns presentes pela 3000ª rebatida

No dia 09 de Julho, Derek Jeter alcançou a marca das 3000 rebatidas após rebater um home run. Foi um jogo no qual ele foi perfeito, diante do Tampa Bay Rays, conseguindo 5 rebatidas em 5 oportunidades. 

Hoje, 13 de agosto, o nosso capitão recebeu mais uma homenagem pelo feito histórico. Com a sua irmã e seus pais presentes no Yankee Stadium, Jeter foi homenageado com vários presentes.

Primeiramente, o presidente do New York Yankees, Randy Levine, e o Diretor de Operações, Lonn Trost, entregou um vaso de cristal. Em seguida, o vice-presidente Hal Steinbrenner e sua esposa, Christina, presentearam a família de Jeter com suntuosos anéis e pingentes, todos ressaltando a rebatida 3000. 


Os seus companheiros de equipe, o presentearam com uma belíssima escultura. Feita de aço inoxidável, a escultura além de ter o número 3000, possui os seguintes dizeres: "Para o nosso capitão, líder e amigo, parabéns por essa grande conquista, dos seus companheiros de equipe."  

Por último, Mariano Rivera falou brevemente, ressaltando a felicidade de jogar ao lado de Jeter e de ter visto todas as suas rebatidas.

Derek Jeter merece todas as homenagens possíveis. É um verdadeiro Yankee e sempre honrará esta instituição.

Com ótimo jogo de Hughes e comandados por Jorge Posada, Yankees batem Rays em "Grand Style"


 X

(64-55) Rays 2 @ 9 Yankees (72-46)

Yankee Stadium, Bronx, New York
W: Hughes (3-4) | L: Hellickson (10-8) 


Os Yankees derrotaram os Rays, neste sábado, com uma atuação excelente de Phil Hughes e a ajuda de um veterano que é marcado por conquistas e momentos maravilhosos em sua carreira. Jorge Posada, que há dias atrás, estava sendo muito questionado por não estar rebatendo bem, foi o dono do jogo. Ele fez os Yankees abrirem vantagem após uma rebatida simples, com as bases lotadas, o que impulsionou duas corridas, e depois ainda anotou um magnífico Grand Slam, na quinta entrada, para confirmar a vitória.

Precisando apagar o péssimo jogo de sexta, os Yankees abriram o marcador logo na segunda entrada. Mark Teixeira, Robinson Cano e Nick Swisher lotaram as bases. Após Eric Chavez ser eliminado, era a vez de Jorge Posada tentar deixar os Yankees em vantagem. E ele conseguiu, com uma rebatida simples para o campo direito, impulsionar as corridas de Teixeira e Cano. 2 a 0 Yankees.

Phil Hughes administrou perfeitamente a vantagem de duas corridas, até que na quinta entrada começou a festa.

Curtis Granderson iniciou a entrada logo com um home run. Já virou costume para o Grandyman mandar bolas para a torcida. Ele e José Bautista, com 33 home runs, são os líderes da MLB.

O melhor estava por vir. Robinson Cano, Nick Swisher e Eric Chavez lotaram as bases. Mais uma vez vinha Jorge Posada, que vinha sendo contestado e inclusive estava cogitado para sair dos Yankees. Posada é um vencedor, foi diversas vezes decisivo e dessa vez não foi diferente. Com uma super rebatida para o campo direito, ele anotou um Grand Slam para deixar os Yankees com 7 a 0 no placar.

Posada foi ovacionado e aplaudido de pé por todos que estavam no Yankee Stadium. Um momento digno e merecido para alguém que tem uma história belíssima com o uniforme dos Yankees.

Na sexta entrada, Phil Hughes acabou cedendo duas corridas, uma delas um home run (para Desmond Jennings). Mas nada disso influenciou no restante do jogo.

Na parte baixa da entrada, o ataque devolveu as duas corridas. Mark Teixeira impulsionou a corrida de Granderson e depois Eric Chavez mandou Teixeira para o home plate. 9 a 2 Yankees e assim foi até o final.

Neste domingo, às 14h, AJ Burnett irá fechar a série diante dos Rays. Freddy Garcia estava escalado para o duelo, porém, com um corte no dedo, ficará de fora.