quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Mariano Rivera consegue sua 600ª save em vitória sobre os Mariners

             
  
(90-57) Yankees 3 @ 2 Mariners (61-87)

Safeco Field - Seattle, Washington 
W: Burnett (10-11) | L: Furbush (3-9) | SV: MARIANO RIVERA (41)


Em um jogo complicado, os Yankees venceram os Mariners por 3 a 2 e continuou com 4 jogos de vantagem para o Boston Red Sox. O ataque não trabalhou muito bem, A.J Burnett fez um bom jogo, mas o destaque ficou por conta da 600ª save de Mariano Rivera. 

Os Yankees começaram a anotar corridas na segunda entrada com um home run de Robinson Cano. Logo em seguida, Jesus Montero e Andruw Jones chegaram na segunda e terceira bases. Mas o que era uma entrada para várias corridas, só aconteceu mais uma através de um wild pitch. Montero correu para o home plate e anotou a corrida. Apenas 2 a 0 Yankees.

A pequena vantagem não durou muito. Na parte baixa da entrada, A.J Burnett cedeu uma corrida.
Na terceira entrada ele conseguiu escapar de um grande problema quando estava com bases lotadas e um eliminado. Burnett cedeu milagrosamente apenas uma corrida depois de uma rebatida de sacrifício. Jogo empatado, 2 a 2.

Por incrível que pareça, A.J Burnett fez um grande jogo a partir daí. Não cedeu nenhuma rebatida e já estava com dois strikeouts no final da quinta entrada. Era a vez do ataque ajudar.

A ajuda chegou na sexta entrada com Swisher iniciando com uma rebatida dupla. Mark Teixeira rebateu para o campo direito e as esquinas foram ocupadas com nenhum eliminado. Cano também rebateu para o campo direito, chegou salvo na primeira base, Teixeira foi eliminado na segunda e Swisher anotou facilmente a corrida. E de forma patética, o ataque novamente não conseguiu anotar mais corridas. Jesus Montero mandou uma longa rebatida para o campo central e foi eliminado, mas Robinson Cano continuou correndo, pensando que já haviam sido eliminados dois rebatedores. Com isso, aconteceu a dupla eliminação. Entrada encerrada, lance bizarro.

Mas A.J Burnett estava realmente bem, anotou mais dois strikeouts na sexta entrada e a fechou com tranquilidade. Porém, não foi nada de tão espetacular, pois estamos falando de um time bem mediano (o quarto que menos venceu na liga).

Na sétima entrada, Curtis Granderson entrou como pinch-hitter no lugar de Andruw Jones e logo mandou uma rebatida simples para o campo direito. Mas o normal aconteceu. Martin entrou em dupla eliminação e Nunez foi rapidamente eliminado por bola rasteira. Nada feito.

Rafael Soriano entrou na parte baixa da entrada para segurar a liderança de apenas uma corrida. E conseguiu facilmente ao eliminar os três rebatedores sem ceder nenhuma corrida.

Na oitava entrada foi a vez de David Robertson. Ele acabou cedendo uma rebatida simples para Dustin Ackley, eliminou Mark Carp por strikeout , mas andou Justin Smoak. Com dois em base e um eliminado, D-Rob conseguiu eliminar Miguel Olivo por strikeout. Adam Kennedy foi andado intencionalmente para as bases ficarem lotadas. E Robertson mostrou por que é um dos melhores da MLB, eliminando Trayvon Robinson também por strikeout. Três strikeouts na entrada para garantir o 3 a 2 no placar.

A marca histórica 

O ataque não conseguiu aumentar a vantagem e Mariano Rivera entrou na nona entrada para tentar chegar em uma marca histórica.

Mariano Rivera cedeu uma rebatida para Ichiro Suzuki e eliminou dois por strikeout. Suzuki tentou roubar a segunda base, mas Russell Martin não deixou e arremessou perfeitamente a bola para Jeter eliminá-lo.

Jogo encerrado, Mariano Rivera alcançou a primeira marca histórica que poderia ser atingida no mês: Save de número 600. Somente ele e Trevor Hoffman conseguiram atingir esse incríveis números. Hoffman tem 601 saves, o que significa que dentro de poucos dias o recorde será quebrado.

Respeitando o grande closer que foi Trevor Hoffman, praticamente todos consideram que Mariano Rivera é o melhor da história. Rivera, após o jogo, não comemorou ‘feito louco’ como outros fariam. Mostrou a classe de sempre e abriu um grande sorriso quando todos os seus companheiros o abraçaram. Simplesmente o melhor.

O jogo foi bem apertado, mas tornou-se perfeito pelo feito de Mariano Rivera. Marca histórica e o recorde está próximo.

Yankees 3, Mariners 2.

Nesta quarta-feira, às 23h, Ivan Nova arremessará o último jogo da série diante dos Mariners.