quarta-feira, 20 de julho de 2011

Granderson é decisivo na defesa e no ataque, Garcia segura e Yankees vencem

 X

(57-38) Yankees 4 @ 0 Rays (51-45)
Tropicana Field - Flórida

W: Garcia (8-7) | L: Price (9-8)

Os Yankees começaram muito bem o duelo diante de David Price. Derek Jeter, que deu a sua rebatida de número 3000 contra ele, iniciou com uma rebatida simples para o campo central. E Curtis Granderson tratou de aproveitar muito bem e mandou um Home Run para o campo direito: 2 a 0 Yankees.

O ataque, como no jogo passado, sofreu e desperdiçou algumas oportunidades. Mas Freddy Garcia parou de forma espetacular o ataque dos Rays. Apesar de algumas situações complicadas, de alguns corredores em base, Garcia saia da bagunça sem grandes sustos.

A chance mais clara dos Rays anotarem corridas foi na quinta entrada. Com dois eliminados, Casey Kotchman deu uma rebatida dupla para o campo esquerdo e Johnny Damon foi para a terceira base. Evan Longoria rebateu uma longa bola para o campo central e Curtis Granderson agarrou a bola de forma espetacular. Sem chances para os Rays.

Freddy Garcia deixou o jogo na sétima entrada (ótimo jogo, apesar de ter levado 8 rebatidas, não cedeu nenhuma corrida e eliminou 7 por strikeout). A entrada poderia ter terminado sem tanto drama, mas Eduardo Nunez não conseguiu lançar a bola para a primeira base e as esquinas ficaram ocupadas, com dois eliminados. Boone Logan entrou para tentar salvar os Yankees, e conseguiu ao eliminar, por strikeout, Casey Kotchman.

David Robertson entrou na oitava entrada e fez o que sabe. Eliminou Evan Longoria e Matt Joyce por strikeout e encerrou a entrada eliminando B. J. Upton por bola rasteira.

Na nona entrada, após Robinson Cano ser eliminado por bola rasteira, Nick Swisher e Russell Martin chegaram em base através de walks cedidos por Cesar Ramos. Dane De La Rosa substituiu Ramos e Chris Dickerson (entrou no lugar de Andruw Jones no Left Field) foi eliminado por bola rasteira. Os corredores ficaram em posição de anotar corrida. Eduardo Nunez não desperdiçou a oportunidade e mandou uma bola baixa que caiu no campo central, impulsionando as corridas de Martin e Swisher. 4 a 0 Yankees.

Apesar de não ter sido uma situação de save, Mariano Rivera entrou para fechar o jogo. E Rivera eliminou Sam Fuld por strikeout, Sean Rodriguez por bola rasteira e Reid Brignac também por strikeout. Jogo encerrado! 4 a 0 Yankees!

Nesta quinta-feira, às 20h10 (Horário de Brasília), CC Sabathia enfrentará James Shields no jogo que encerrará a série. Lembrando que o último duelo entre eles foi decidido por um erro de Shields e CC Sabathia fez um jogo completo, sem ceder nenhuma corrida.

Parou porque?


O nosso grande capitão atingiu a marca histórica de 3.000 hits. Realmente é um fato histórico, mas não deixa de ser uma conquista pessoal. Derek Jeter não tem contribuído com o time em mais nada, e deixou de ser aquele jogador decisivo. Depois dele ter alcançado a marca de 3.000 hits, Jeter não fez mais nada com a camisa dos Yankees. Como um jogador consegue bater um home run daquele jeito que ele conseguiu, atingido o recorde e depois impulsionando a corrida da vitória e depois disso não fazer mais nada? É isso que está acontecendo. Jeter não contribuiu em mais nada e passa muitas vezes a impressão que daqui para frente vai ser pior ainda. A ausência de Alex Rodriguez na terceira base, não só faz falta como jogador, mas também como uma presença de um grande atleta que mesmo jogando mal passa tranquilidade aos demais jogadores e coloca uma pressão aos adversários. Jeter, porém não tem tanto essa presença ou pelo menos não deixa isso transparecer. Falam tanto na rotação titular de arremessadores, que quando eles acertam o ataque não funciona ou comentem erros absurdos na defesa. Acho que a carência de um líder como era Andy Pettitte, faz muita falta em determinados momentos e ser decisivo também conta na carreira de um grande atleta.