sábado, 17 de setembro de 2011

A-Rod e Granderson lideram vitória dos Yankees no dia em que Mariano Rivera iguala recorde


                                    
  
(91-59) Yankees 7 @ 6 Blue Jays (76-75)

Rogers Centre - Toronto, Canadá
W: Laffey (3-2) | L:  Villanueva (6-4) | SV: MARIANO RIVERA (42)

Os Yankees voltaram a vencer e mais uma vez foi uma vitória especial, principalmente para um certo closer que veste a camisa 42. Mariano Rivera anotou sua 601ª e igualou o recorde de Trevor Hoffman.

O jogo em si não foi fácil, Bartolo Colon não arremessou bem e saiu na quinta entrada ao ter deixado o placar em 6 a 1 para os Blue Jays. O ataque não vinha bem até que na sexta e sétima entrada dois home runs, de A-Rod e Curtis Granderson, botaram os Yankees na frente. O bullpen foi perfeito e não cedeu nenhuma rebatida.


Resumo do jogo

Nas duas primeiras entradas o ataque se mostrou o mesmo dos dias anteriores. Nas duas chances que houve um corredor em base e um eliminado, acabou ocorrendo a dupla eliminação para encerrar a entrada.

Com isso os Blue Jays aproveitaram e conseguiram abrir uma ampla vantagem na parte baixa da segunda entrada. Bartolo Colon se complicou quando deixou Adam Lind e David Cooper nas esquinas, com nenhum eliminado. Colby Rasmus abriu o placar através de uma rebatida dupla que impulsionou a corrida de Lind. Brett Lawrie foi eliminado por bola rasteira mas Cooper anotou a segunda corrida. Jose Molina rebateu para o campo esquerdo, a bola saiu do campo e com isso Rasmus foi para o home plate. Mike McCoy, com um bunt de sacrifício, impulsionou a corrida de Loewen. 4 a 0 Blue Jays.

Na quarta entrada, os Yankees anotaram uma corrida, mas por conta de um lance bizarro não conseguiu anotar mais.

Com Curtis Granderson e Mark Teixeira em posição de anotar corrida, Robinson Cano mandou uma rebatida de sacrifício para o campo esquerdo, mas Adam Loewen derrubou a bola. Curtis Granderson anotou a corrida, Teixeira foi para a terceira base e Cano para a segunda. Logo em seguida Alex Rodriguez foi eliminado por bola rasteira.

Era a vez de Nick Swisher e então aconteceu o inacreditável. Swisher mandou uma longa rebatida para o campo central. Mas Robinson Cano, que provavelmente estava imaginando que já haviam sido eliminados dois rebatedores, saiu correndo. Resultado? Dupla eliminação. Swisher pela bola alta e Cano por ter saído da segunda base. Erro inaceitável em um jogo profissional.

Os Blue Jays castigaram e anotaram mais duas corridas na parte baixa da entrada. Não era o dia de Bartolo Colon. Ele, aliás, não vem tendo uma temporada boa contra o time canadense.

Com 6 a 1 no placar a situação ficou complicada, mas um jogador que desfalcou por vários dias acabou deixando o time de volta ao jogo. Na sexta entrada, após Mark Teixeira impulsionar uma corrida de Granderson e Robinson Cano chegar em base por um Hit by Pitch, era a vez de Alex Rodriguez. Dois corredores em base, nenhum eliminado, bom momento para um home run. A-Rod mostrou que pode sim ser decisivo e mandou uma bomba para o campo esquerdo: home run triplo e desvantagem caindo para apenas uma corrida.

Na entrada seguinte veio a virada. Com Derek Jeter em base, Curtis Granderson rebateu um home run para o campo central e botou os Yankees na frente. Foi o 40º home run de Granderson no ano. Incrível.

A partir daí foi a vez do bullpen segurar. Joe Girardi vinha colocando um arremessador em cada entrada desde a quinta, quando Bartolo Colon saiu. Scott Proctor, Aaron Laffey, Hector Noesi e Rafael Soriano não cederam nenhuma rebatida sequer.

E chegou a nona entrada. 7 a 6 para os Yankees. Hora de Mariano Rivera.

Recorde igualado

Uma save separava Mariano Rivera do recorde de Trevor Hoffman. Depois deste jogo não separa mais. Rivera eliminou os três rebatedores com a calma de sempre, garantiu a vitória dos Yankees e consequentemente a 601ª save.

Ele comemorou como todas as outras vezes: apertando a mão de seus companheiros e os parabenizando pelo bom jogo. Nas entrevistas, tudo igual também. Agradeceu a Deus e a sua família, que estava no estádio.

Ninguém cansa de dizer que ele é o melhor. 

Yankees 7, Blue Jays 6

Neste domingo, às 14 horas, Freddy Garcia arremessa o último jogo da série