quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Com um home run triplo, Cano ajuda Nova a vencer os Royals e Yankees assumem a primeira posição



(74-46) Yankees 9 @ 7 Royals (50-73)

Kauffman Stadium, Kansas City, MO
W: Ivan Nova  (12-4) | L: Duffy (3-7) | SV: Mariano Rivera (32) 


Os Yankees venceram os Royals nesta terça-feira, mas não foi fácil. Ivan Nova esteve em um dia ruim, mas felizmente foi ajudado pelo forte ataque dos Yankees. Robinson Cano, com um home run triplo, encaminhou a vitória. O bullpen mostrou a eficiência de sempre, sacramentou o triunfo e a primeira posição após a derrota do Boston Red Sox para os Rays (as duas equipes jogaram um doubleheader, onde os Red Sox venceram o primeiro jogo e os Rays o segundo). 

Ivan Nova começou de forma ruim o jogo e cedeu duas corridas logo na primeira entrada. Com dois eliminados, Billy Butler chegou em base e posteriormente anotou uma corrida após a rebatida dupla de Eric Hosmer ao campo central. Jeff Francoeur mandou uma rebatida simples e impulsionou a corrida de Hosmer. 2 a 0 Royals.

O ataque dos Yankees respondeu na terceira entrada. Curtis Granderson e Mark Teixeira chegaram em base, com apenas um eliminado. Robinson Cano aproveitou e, com uma rebatida, mandou Granderson para o home plate. Nick Swisher andou e lotou as bases para Andruw Jones, que foi eliminado por strikeout.
Com dois eliminados, Russell Martin rebateu forte para o campo esquerdo, impulsionando as corridas de Teixeira e Cano. Yankees 3 a 2.

Não era o dia de Ivan Nova. Na parte baixa da entrada ele rapidamente cedeu uma rebatida tripla para o homem de lead-off (Alcides Escobar). Alex Gordon foi eliminado por bola rasteira mas impulsionou a corrida de Escobar para empatar o jogo. Melky Cabrera deixou os Royals em vantagem após rebater um home run e Jeff Francoeur fez com que os Royals aumentassem ao mandar uma rebatida dupla onde Billy Buttler anotou a corrida. 5 a 3 Royals.

Se o arremessador não está em uma boa noite, o ataque precisa ajudar. Os Yankees possuem força para isso e na quarta entrada conseguiu não só virar, mas deixar uma boa vantagem no placar.

Brett Gardner chegou em base através de um bunt. Derek Jeter, com uma forte rebatida dupla para o campo esquerdo, impulsionou a corrida de Gardner. Curtis Granderson chegou em base também através de um bunt. Logo em seguida, Mark Teixeira mandou Jeter para o home plate com uma rebatida simples ao campo direito. Dois em base, nenhum eliminado, jogo empatado e era a vez de Robinson Cano. Ele não perdoou e mandou uma bomba para o campo direito: 8 a 5 Yankees.

Os Royals voltaram a fazer estrago em Ivan Nova e anotaram mais duas corridas na sexta entrada, o que deixou o jogo super apertado. Boone Logan entrou no lugar de Nova, que deixou o jogo com um homem em base e um eliminado. Logan saiu de forma gigante do problema, assegurando a liderança por uma corrida dos Yankees: 8 a 7.

Na sétima entrada, os Yankees anotaram uma importante corrida. Com dois eliminados, Brett Gardner rebateu para o campo direito e conseguiu chegar até a terceira base. Derek Jeter, que vem sendo muito importante nos últimos jogos, tratou de não desperdiçar a oportunidade e impulsionou a corrida de Gardner. 9 a 7 Yankees.

Boone Logan iniciou a sétima entrada, eliminou o primeiro rebatedor e deu lugar a Rafael Soriano. Ele não teve problemas para eliminar Melky Cabrera e Billy Butler para encerrar a entrada.

O bullpen teria que segurar a vantagem e conseguiu. David Robertson entrou na oitava entrada e eliminou os três rebatedores com a eficiência de sempre.

Mariano Rivera entrou na nona entrada para salvar o jogo. Alguma dúvida do que iria acontecer? Três fáceis eliminações, sendo duas por strikeout. Fim de jogo, mais um save para Rivera e mais uma importante vitória aos Yankees. 9 a 7.

Com essa vitória, os Yankees tomam a primeira posição do Boston Red Sox. Nesta quarta-feira, às 21 horas, Bartolo Colon encerrará a série diante dos Royals.