SANTO DOMINGO, República Dominicana - O New York Yankees anunciou segunda-feira (01) uma série de projetos esportivos e de turismo na República Dominicana, incluindo a construção de um estádio de beisebol, por um montante que equivaleria a US$ 120 milhões. O projeto, chamado "Cidade de Beisebol Latino" contará com um estádio de beisebol moderno a ser construído na cidade de La Romana, a um custo de US$ 50 milhões. Espera-se para servir como uma plataforma para a República Dominicana para sediar o World Baseball Classic de 2016 e outras competições em conjunto com a Major League Baseball. "Esse projeto seria um grande impulso para a gestão do turismo promovido pelo presidente Danilo Medina e ter um grande impacto global", disse Felix Lopez, vice-presidente dos Yankees, numa conferência de imprensa realizada no Palácio Nacional, a sede do governo Dominicana. "O objetivo é tentar ter um estádio que tenha as qualidades que exigem as majors, eles têm certas regras que vamos cumprir", acrescentou. "Este estádio será uma joia nas Américas." A capacidade do estádio para 20 mil espectadores com a possibilidade de ser expandido para 35.000. A cerimônia também contou com a participação Roberto Weill, fundador e presidente do Hall da Fama do Beisebol Latino e ideólogo do projeto. "Nós estamos fazendo um projeto, com o objetivo de trazer 10 milhões de turistas e temos uma plataforma que é o beisebol, e nós encorajamos os turistas que vêm aqui, de modo que é a intenção deste grupo ", disse Weill. Essa é mais uma sacada de ampliação de estrutura dos Yankees que no mês passado anunciou uma parceria com o Manchester City da Inglaterra, a fundação de um time de futebol em Nova York.