sábado, 23 de julho de 2011

Ataque não produz em momentos cruciais e Yankees perdem para os A's

    
  
(44-56) Athletics 4 @ 3Yankees (58-40)

Yankee Stadium - Bronx, NY
W: Harden (2-1) | L: Burnett (8-8) | SV: Bailey (11)


AJ Burnett inicou o jogo com alguma dificuldade, mas conseguiu segurar os A's nas duas primeiras entradas.  Na parte baixa da segunda entrada, os Yankees abriram o placar. Após Mark Teixeira ser eliminado por strikeout, Robinson Cano mandou uma longa rebatida dupla para o campo esquerdo. Nick Swisher foi eliminado por bola rasteira, mas mandou Cano para a terceira base. Com dois eliminados, Russell Martin impulsionou a corrida de Cano após dar uma rebatida simples para o campo central. Eduardo Nunez foi eliminado por bola rasteira e a entrada estava encerrada com 1 a 0 para os Yankees.

E na terceira entrada, AJ Burnett deixou os A's virarem o jogo. Jemile Weeks chegou em base logo após receber uma bolada de Burnett. Porém, Weeks foi eliminado com um arremesso de Burnett para a primeira base. Cliff Pennington saiu por bola rasteira, mas Hideki Matsui deu uma rebatida simples e chegou em base. Josh Willingham, com um Home Run para o campo central, virou o jogo para os A's: 2 a 1.

O ataque não funcionava e AJ Burnett ia segurando de todas as formas até a sexta entrada, quando deixou o jogo com as bases lotadas (dois eliminados). Cory Wade entrou em seu lugar e cedeu uma rebatida simples para Weeks, que impulsionou a corrida de Sweeney: 3 a 1 A's. Wade eliminou Pennington por bola rasteira, evitando um problema ainda maior.

Na parte baixa da sexta entrada, Nick Swisher deixou os Yankees na borda ao rebater um longo Home Run para o campo direito. Mas os A's voltaram a aumentar a vantagem quando Boone Logan, ao entrar na sétima entrada, cedeu um Home Run para Hideki Matsui. Logan eliminou sem problemas os próximos três rebatedores: 4 a 2 A's.

Na parte baixa da sétima entrada, Derek Jeter e Mark Teixeira ocuparam as esquinas, com dois eliminados. Mas Robinson Cano não aproveitou a oportunidade e os Yankees continuaram duas corridas atrás.

Os Yankees desperdiçaram uma chance clara de anotar uma ou mais corridas, na oitava entrada. Nick Swisher e Russell Martin chegaram em base, com nenhum eliminado. Mas Eduardo Nunez saiu por bola alta e Jorge Posada entrou em dupla eliminação. Entrada encerrada.

Na nona entrada, Gardner chegou em base através de um walk. Derek Jeter deixou Granderson em uma ótima situação quando deu uma rebatida simples para o campo direito. Com dois em base e nenhum eliminado, Granderson foi eliminado por strikeout, mas os corredores ficaram em posição de anotar corrida. Com uma rebatida de sacrifício, Mark Teixeira impulsionou a corrida de Gardner. Mas Robinson Cano foi eliminado por bola rasteira. Jogo encerrado: 4 a 3 A's.

Neste domingo, às 14h05 (Horário de Brasília), Bartolo Colon fechará a série diante dos A's.

De volta a New York, Yankees massacram os A's em 'grand' estilo

    
  
(43-56) Athletics 7 @ 17 Yankees (58-39)

Yankee Stadium - Bronx, NY
W: Noesi (2-0) | L: Cahill (8-9)

Phil Hughes iniciou o jogo com problemas diante do Oakland Athletics. Na primeira entrada, Coco Crisp e Hideki Matsui estavam em base, com dois eliminados, e Hughes cedeu uma rebatida dupla para Scott Sizemore. Crisp anotou 1 a 0 para os A’s.

Na segunda entrada, Hughes logo cedeu uma rebatida dupla para Conor Jackson. Kurt Suzuki, com um bunt de sacrifício, mandou Jackson para a terceira base. Cliff Pennington, com uma forte rebatida para o campo direito, impulsionou a corrida de Jackson: 2 a 0 A’s. Hughes ainda enfrentou bases lotadas na entrada, mas saiu sem mais tanto ferimento.

Parecia ser uma noite “daquelas” em New York, onde tudo daria errado. O calor incomodava todos, desde o Umpire até o torcedor. Phil Hughes se mostrava inseguro e, muito provavelmente, não iria segurar os Yankees. Mas logo na parte baixa da segunda entrada, os Bombers resolveram aparecer para ajudar Phil Hughes.

E como ajudaram. Robinson Cano começou a parte baixa da segunda entrada com uma rebatida simples para o campo direito, mas avançou para a segunda base através de um erro cometido pelo right fielder David DeJesus. Trevor Cahill andou Nick Swisher. Posada foi eliminado por bola alta. Eduardo Nunez mandou uma bola rasteira para o campo direito, Cano marcou, Swisher foi para a segunda base. Francisco Cervelli rebateu para o campo direito e lotou as bases. Brett Gardner rebateu fraco, mas conseguiu chegar a salvo em base (apesar de ter sido por um erro do árbitro, pois no replay ele estava claramente eliminado). Derek Jeter entrou com as bases lotadas e não decepcionou ao rebater para o campo direito, impulsionando as corridas de Nunez e Cervelli. Curtis Granderson, deu uma rebatida de sacrifício para o campo esquerdo, Gardner marcou e Jeter foi eliminado tentando chegar na terceira base. Entrada encerrada: 5 a 2 para os Yankees!

Phil Hughes não passou perigo pela parte alta da terceira entrada, mas o ataque dos Yankees resolveram castigar mais severamente ainda os A’s na parte baixa da entrada. 

Mark Teixeira logo chegou em base através de um walk. Robinson Cano foi para a segunda base com uma rebatida dupla, mandando Teixeira para a terceira. Nick Swisher aproveitou da melhor forma possível, rebatendo um Home Run para o campo central: 8 a 2 Yankees. Jorge Posada e Eduardo Nunez, chegaram em base através de rebatidas simples. Trevor Ccahill foi substituído por Michael Wuerts. Cervelli lotou as bases e Brett Gardner foi eliminado por strikeout, deixando as bases lotadas e com apenas um eliminado. Jeter e Granderson andaram, impulsionando assim duas corridas mais para os Yankees: 10 a 2.

Lembra que as bases estavam lotadas, certo? Mark Teixeira tratou de deixá-las zeradas ao mandar uma bomba para o campo direito. Grand Slam! 14 a 2 Yankees.

E estávamos certos. Phil Hughes fez um jogo terrível, decepcionante. Cedeu mais três corridas na quarta entrada e deixou o jogo na quinta entrada, com dois homens em base (nenhum eliminado). Foram nove rebatidas e mais sete corridas merecidas (sendo um Home Run). Hector Noesi entrou em seu lugar e cedeu duas corridas (corridas essas que foram creditadas a Phil Hughes). 14 a 7 para os Yankees.

O jogo transcorreu tranquilamente, sem mais sustos. Na sétima entrada, Brandon Laird substituiu Derek Jeter e fez sua primeira aparição na Major League. Iniciou bem, com um walk cedido por Joey Devine. E Devine cedeu mais dois walk, para Granderson e Teixeira, lotando as bases. Devine então foi substituído por Brad Ziegler, que logo eliminou Robinson Cano ao segurar firme uma rebatida dele. Mas Nick Swisher, com uma rebatida simples para o campo esquerdo, impulsionou as corridas de Laird e Granderson: 16 a 7 Yankees. Posada entrou em uma dupla eliminação e a entrada estava encerrada.

E Brandon Laird ganhou a noite quando, na oitava entrada, impulsionou a corrida de Francisco Cervelli com uma rebatida simples para o campo central: 17 a 7.

Luís Ayala entrou na nona entrada e fechou o jogo sem problemas, eliminando os três rebatedores que enfrentou. Trabalho espetacular do ataque, ótima vitória na noite super quente de New York.

A parte negativa do jogo ficou realmente por conta de Phil Hughes. Joe Girardi estava esperando muito mais dele e, infelizmente, Hughes não chegou nem perto de fazer uma boa atuação.

Amanhã, às 14h05 (Horário de Brasília), os Yankees retornam ao Yankee Stadium para fazer o segundo jogo da série diante dos A's. AJ Burnett iniciará o duelo.