segunda-feira, 16 de maio de 2011

Inferno astral

Desculpas! Essa é a única palavra que veio a mente de Jorge Posada ontem antes do terceiro jogo da série contra o Red Sox. Depois de criar um mal estar e um mal entendido terrível, Posada bateu a porta do manager Joe Girardi e disse que sentia muito. Posada não explicou muito bem o motivo de pedir para não jogar no sábado. Primeiro ele alegou dor nas costas e depois disse a Girardi que precisava "esfriar a cabeça" Ele também pediu desculpas aos companheiros. Ontem ele entrou no jogo, creio que foi mais um voto de confiança de Girardi a Posada. Ficou evidente que Posada não gostou de ficar em nono no lineup, isso só aconteceu no inicio de sua carreira. Quando os Yankees contrataram Russell Martin, Posada ficou como rebatedor desiginado, porém ele não gostou. Dizem nos corredores do Yankee stadium que ele aceitou essa posição, porém contra sua vontade. O importante é que Posada concordou que está má fase e que pediu desculpas. Ontem ele recebeu um grande apoio da torcida dos Yankees.

2 comentários:

  1. Não é só aqui que as estrelas não gostam do banco.

    ResponderExcluir
  2. Verdade... mas Posada errou mas não estava totalmente errado

    ResponderExcluir