quarta-feira, 15 de junho de 2011

Yankees e seu bullpen

É obvio que quando a derrota surge, o assunto mais comentado no Bronx é o bullpen dos Yankees e a conseqüência disso nem sempre é agradável. Mas será que os Yankees tem um bullpen tão terrível assim que não dá para colocar fé? Vamos fazer uma analise rápida e tentar chegar a uma conclusão. Começando por CC Sabathia. Ele realmente dispensa comentários e com certeza é um dos melhores da rotação. É muito firme e confiante durante o jogo e geralmente chega na sétima entrada sem causar grandes estragos. Andou cedendo várias corridas nessa temporada, mas é o líder em vitórias (8) líder em entradas arremessadas (107) números bons, mas que poderiam ser melhores. AJ Burnett veio para os Yankees como uma contração de peso. Tem doze anos de experiência na Major League e em três anos de Yankees ainda não mostrou a todos por que veio. Teve um bom começo nessa temporada, mas andou perdendo jogos importantes. Bartolo Colon quando chegou para o centro de treinamento na Flórida, muitas pessoas até tiraram sarro mas positivamente quebraram a cara. Colon é um dos melhores na rotação e vai fazer falta nesse período contundido. O que impressiona é que Colon mostrou a todos o que mais ninguém esperava e ele não era cogitado para fazer parte da rotação e hoje é um dos mais importantes. Freddy Garcia mantém a média e vem fazendo partidas razoáveis, mas deu uma caída nesses últimos jogos. Tem números bons na carreira e era outro que não era cogitado para ser titular. Ivan Nova fez um spring training fantástico e garantiu seu lugar na rotação. Mesmo assim não é confiável. Venceu jogos importantes, mas se perde em jogos fáceis. É uma promessa. Phil Hughes machucado começou muito mal a temporada e torço muito para o seu retorno. Joba Chamberlain poderia ser um substituto para Colon mas está machucado, consegue arremessar uma ou duas entradas com muita firmeza. Pedro Feliciano ainda não sabemos como ele está, mas é outro que não podemos esperar muito. Tem também Rafael Soriano que é um grande jogador, mas que ainda não mostrou seu potencial. Sinceramente esses nomes não são os piores da liga, mas nesse momento estamos precisando de sangue novo e confiável. O efeito Cliff Lee ainda atordoa todos em New York.

2 comentários:

  1. Perfeita a sua análise Fábio. Para mim o bullpen é o nosso grande tormento, e a perda na quebra de braço para a contratação de Cliff Lee ainda ressoa no Yankee Stadium. O Ataque nesses últimos jogos contra os Rangers encaixou, mas ainda preocupa ver que cedemos muitas corridas. Nos resta tocer! Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Para mim nem ouve queda de braço na contratação e sim um sentimento de superioridade, que fez o Cashman achar que Lee assinaria com os Yankees de qualquer maneira. O ataque é realmente fantástico. mais um, apenas mais arremessador de ponta, vai nos levar a world series

    ResponderExcluir