terça-feira, 16 de agosto de 2011

Derek Jeter ajuda Yankees e A.J Burnett a derrotarem os Royals


(73-46) Yankees 7 @ 4 Royals (50-72)

Kauffman Stadium, Kansas City, MO
W: Burnett (9-9) | L: Paulino (1-9) | SV: Mariano Rivera (31) 


Após não jogar no domingo, contra os Rays, devido a uma forte chuva que teimou em cair na cidade de New York, os Yankees viajaram até Kansas City para enfrentar os Royals. AJ Burnett foi o arremessador que iniciou a série e, após 7 jogos sem conseguir sair com uma vitória, Burnett finalmente anotou um “WIN”. Isso tudo graças ao nosso capitão Derek Jeter, que impulsionou a maioria das corridas, principalmente em um momento importante, logo após Burnett entregar a liderança de duas corridas que os Yankees haviam conseguido.

Os Yankees abriram o placar logo na segunda entrada. Com Nick Swisher e Jorge Posada em base, Brett Gardner rebateu rasteiro para o campo central e impulsionou a corrida de Swisher. Derek Jeter deixou 2 a 0 no marcador após uma forte rebatida para o campo central, mandando Posada para o home plate.

AJ Burnett vinha dominando bem os Royals e os Yankees não conseguiam aumentar a liderança. Até que Burnett teve seus infelizes lampejos na quinta entrada.

Com apenas um eliminado, Burnett lotou as bases para Melky Cabrera. E Cabrera nem precisou rebater para diminuir o marcador para os Royals, já que ele andou, impulsionando a corrida de Mike Moustakas. Ainda com apenas um eliminado, Billy Butler mandou uma forte rebatida para o campo direito, o que veiou a acarretar mais duas corridas. 3 a 2 Royals.

Era a vez de Eric Hosmer no bastão. E ele entrou em uma dupla eliminação, fazendo AJ Burnett escapar de uma entrada que poderia ter sido muito pior.

O ataque dos Yankees respondeu rapidamente, logo na entrada seguinte. Com Jorge Posada e Russell Martin ocupando as esquinas, com um eliminado, Brett Gardner rebateu para o campo direito e impulsionou a corrida de Posada.

Jogo empatado e era a vez de Derek Jeter. Novamente o nosso capitão mostrou que nunca perderá sua eficiência em resolver nos momentos decisivos. Jeter mandou uma longa bola para o campo direito, o que lhe deu uma rebatida tripla e consequentemente limpou as bases. 5 a 3 Yankees.

AJ Burnett saiu na parte baixa da sexta entrada e em seu lugar entrou Boone Logan. Burnett saiu apoiado pelos seus companheiros -principalmente por Derek Jeter- e esperançoso em conquistar finalmente uma vitória após tanto tempo.

Uma importante corrida foi anotada na sétima entrada, através de uma rebatida simples de Andruw Jones (entrou no lugar de Jorge Posada) que mandou Robinson Cano para o home plate. 6 a 3 Yankees.

Boone Logan eliminou o primeiro rebatedor da sétima entrada e deu lugar a Rafael Soriano, que vinha “perfeito” após seu retorno. Dessa vez Soriano acabou cedendo uma corrida, mas se limitou a isso.

Na oitava entrada os Yankees devolveram a corrida. Derek Jeter anotou a sétima corrida do time após uma rebatida simples de Mark Teixeira.

Com 7 a 4 no placar, David Robertson e Mariano Rivera confirmaram sem problemas a vitória. Rivera teve problemas nos 3 últimos jogos, mas desta vez foi perfeito e eliminou com a calma de sempre os três rebatedores que enfrentou. Mais um ‘save’ para Mariano Rivera, mais uma vitória dos Yankees.

AJ Burnett conquistou uma vitória inédita com a camisa dos Yankees. Pela primeira vez ele venceu um jogo em Agosto. Burnett vinha de uma sequência de oito derrotas neste mês desde que chegou ao time de New York.

Os Yankees estão agora empatados com o Boston Red Sox na primeira posição. Nesta terça-feira, às 21h, será a vez do incrível Ivan Nova procurar fazer mais um jogo espetacular e levar o time à vitória. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário