domingo, 2 de outubro de 2011

Ivan Nova e Cano levam os Yankees a começarem a ALDS em “Grand Style”

       
  
(0-1) Detroit Tigers 3 @ 9 New York Yankees (1-0)

Yankee Stadium, Bronx, New York
W: Ivan Nova (1-0) | L: Doug Fister (0-1) 


Precisou de um dia para o jogo 1 da ALDS tivesse seu resultado final, mas valeu a pena esperar. Após CC Sabathia e Justin Verlander iniciarem o duelo na sexta, e que na segunda entrada foi paralisado devido à chuva (com o resultado em 1 a 1), Ivan Nova e Doug Fister continuaram na noite de sábado.

A tensão de um primeiro jogo de pós-temporada não afetou o rookie Ivan Nova. Ele dominou totalmente o ataque do Detroit Tigers e somente levou duas corridas na nona entrada, quando o jogo já estava ganho. Robinson Cano impulsionou a corrida de desempate, rebateu um grand slam e fez com que Jeter anotasse a última corrida do jogo. Foram 6 corridas impulsionadas de Robinson Cano, o que ajudou muito no placar de 9 a 3.

Resumo do Jogo

O jogo como todos sabem começou um dia antes. CC Sabathia levou um solo home run na primeira entrada de Delmon Young. Derek Jeter empatou na parte baixa da entrada após Alex Rodriguez rebater rasteiro para o campo direito e ser eliminado.

Ivan Nova e Doug Fister começaram a “segunda parte” do jogo, no sábado.

E ambos foram muito bem até a quinta entrada. Ivan Nova quase cedia uma corrida nela, quando Jhonny Peralta rebateu para o campo direito, mas Alex Avila foi eliminado quando tentava alcançar o home plate.
A partir daí os Yankees ganharam moral e a primeira corrida da noite ocorreu na parte baixa da entrada. Com Curtis Granderson em base e dois eliminados, Robinson Cano rebateu para o campo esquerdo. A bola bateu no topo do muro e impulsionou a corrida de Granderson. A jogada foi revista pelos árbitros, já que poderia ter sido um home run, mas foi confirmado “apenas” a rebatida dupla.

Ninguém mais segurou os Yankees, e principalmente Robinson Cano. Na sexta entrada o jogo ficou totalmente decidido. Jorge Posada e Mark Teixeira ocupavam a segunda e terceira bases, com dois eliminados. Brett Gardner mandou uma rebatida rasteira super importante para o campo direito e impulsionou duas corridas.

Doug Fister acabou lotando as bases e foi substituído por Al Albuquerque. Mas era Robinson Cano, “o rei dos Grand Slams”, que vinha pela frente. Claro que não deu outra: Grand Slam para o campo direito. Foi o primeiro Grand Slam dos Yankees na pós-temporada desde 1999, quando Ricky Ledee anotou contra os Red Sox no jogo 4 da ALCS. 8 a 1 Yankees.

Ivan Nova continou dando seu show e Cano aproveitou para alcançar um recorde. Na oitava entrada ele impulsionou mais uma corrida ao rebater para o campo central e mandar Jeter até o home plate.

Robbie Cano empatou com Hideki Matsui, Bernie Williams e Bobby Richardson como o rebatedor que mais RBI’s conseguiu (seis no total) em um jogo de pós-temporada.

Ivan Nova voltou para a última entrada mas acabou lotando as bases com um eliminado. Nova saiu aplaudido de pé por todos os torcedores presentes. O “garoto” não se intimidou e arremessou brilhantemente o seu primeiro jogo de postseason. Apenas 4 rebatidas foram cedidas por ele.

Luís Ayala entrou em seu lugar e cedeu duas corridas (ambas botadas na conta de Ivan Nova). Com as bases lotadas e dois eliminados, Joe Girardi não quis correr o risco de estragar um jogo ganho e chamou Mariano Rivera.

Entrou apenas para se divertir. Três arremessos: Strike one, strike two e strike three contra Wilson Betemit. Jogo encerrado e Yankees lideram a série por 1 a 0.

Foi um jogo espetacular de Ivan Nova e Robinson Cano. Os dois serão peças importantíssimas para o restante da pós-temporada.

Yankees 9, Tigers 3

Neste domingo teremos um jogo bastante importante pela frente, onde não podemos nem pensar em querer perder, pois o Verlander está preparado para ganhar o Jogo 3. Freddy Garcia e Max Scherzer serão os arremessadores do segundo duelo da série que começa às 16 horas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário