sábado, 9 de julho de 2011

Derek Jeter alcança os 3000 hits e comanda a vitória dos Yankees em um jogo histórico

 X

(49-40) Rays 4 @ 5 Yankees (52-35)


Jeter faz história ao conseguir 3000 rebatidas
Neste sábado, as atenções de todos os fãs do Baseball estavam voltadas para o Yankee Stadium. Derek Jeter poderia conseguir sua 3000ª rebatida da carreira. E ele conseguiu não só a rebatida de número 3000, mas também fazer um jogo praticamente perfeito. A rebatida histórica veio de uma forma espetacular, através de um Home Run e Jeter ainda teve a maestria de rebater a bola do jogo que deu a vitória por 5 a 4 diante dos Rays.

O jogo histórico 

AJ Burnett começou o primeiro inning eliminando sem esforço os três primeiros rebatedores. Johnny Damon por bola rasteira, Ben Zobrist e Evan Longoria por strikeout.

E o momento que todos estavam esperando havia chegado. Em sua primeira aparição no bastão, Derek Jeter trabalhou uma contagem completa diante de David Price e, no oitavo arremesso, deu uma rebatida simples para o campo esquerdo. Todo o Yankee Stadium aplaudiu o 2999º hit de Derek Jeter.

Os Yankees acabaram não aproveitando. Curtis Granderson foi eliminado por bola alta e Mark Teixeira entrou em uma dupla eliminação, dando números finais à primeira entrada.

AJ Burnett é um jogador que consegue ir do céu ao inferno em poucos segundos. Na segunda entrada ele eliminou com superioridade os dois primeiros rebatedores, mas acabou cedendo um Home Run para Matt Joyce. Logo em seguida, AJ Burnett eliminou mais um por strikeout (Sean Rodriguez). E a entrada terminava com 1 a 0 para os Rays.

Na entrada seguinte, AJ Burnett conseguiu eliminar os três rebatedores que enfrentou, sendo dois por strikeout (já era o sexto dele no jogo).

Na parte baixa da terceira entrada, Brett Gardner iniciou sendo eliminado por bola rasteira. Derek Jeter veio em seguida. Era a sua primeira chance para tentar o hit de número 3000. Novamente ele trabalhou a contagem completa e fez história da forma mais bela possível. No oitavo arremesso de David Price, Derek Jeter rebateu uma longa bola para o campo esquerdo e conseguiu um emocionante Home Run. Foi do tamanho de sua grandeza, de sua história, de seu amor e fidelidade ao New York Yankees. 3000 hits e todos eles pelo nosso time. Todos no Yankee Stadium o ovacionaram, inclusive todo o “staff” dos Rays. Emocionou quem estava no estádio, quem acompanhava na TV, Internet ou em qualquer outro lugar.

Os Yankees empatavam o jogo com esse Home Run histórico. Curtis Granderson chegou em base através de um walk e Mark Teixeira deu uma rebatida simples para o campo esquerdo. Robinson Cano foi eliminado por strikeout e, com dois em base e dois eliminados, Russell Martin conseguiu uma rebatida simples para o campo esquerdo. Granderson marcou a corrida e colocou os Yankees em vantagem: 2 a 1. Jorge Posada foi eliminado por strikeout.

Na quarta entrada, AJ Burnett continuou a fazer o que mais gosta. Após andar Ben Zobrist, Burnett eliminou Evan Longoria e Casey Kotchman. Porém, B. J. Upton virou o jogo para os Rays rebatendo um Home Run para o campo direito. Zobrist também marcou e os Rays lideravam por 3 a 2.

Na parte baixa da quinta entrada, o dono do dia voltava para o bastão e mais uma vez ajudava os Yankees. Em sua terceira aparição no bastão, Jeter conseguiu sua terceira rebatida, desta vez uma dupla para o campo esquerdo. Os Yankees não podiam desperdiçar a chance de marcar corridas e os jogadores sabiam disso. Curtis Granderson rebateu uma bola rasteira para o campo esquerdo, impulsionando a corrida de Jeter. Mark Teixeira deu uma rebatida simples para o campo esquerdo e Robinson Cano, com uma rebatida de sacrifício, impulsionou a corrida de Granderson:  4 a 3 Yankees. Jorge Posada acabou entrando em uma dupla eliminação e a entrada estava encerrada.

Na sexta entrada, após eliminar dois rebatedores e andar B. J. Upton, AJ Burnett deixou o jogo. Boone Logan entrou em seu lugar e eliminou Matt Joyce por strikeout, encerrando a entrada. Na parte baixa da entrada, Jeter continuou a fazer mágica ao dar mais uma rebatida. Mas os Yankees não conseguiram aumentar a vantagem.

A vantagem era pequena e David Robertson entrou na oitava entrada para tentar segurar o resultado. Mas D-Rob logo cedeu uma rebatida tripla para Johnny Damon. Bem Zobrist, com uma rebatida simples para o campo direito, impulsionou a corrida de Damon. Era o empate dos Rays. D-Rob conseguiu sair do problema sem ceder mais corridas.

Eduardo Nunez iniciou a parte baixa da oitava entrada com uma excelente rebatida dupla para o campo esquerdo. Brett Gardner, com um bunt de sacrifício, mandou Nunez para a terceira base. E quem era o próximo a rebater? O dono do dia, Derek Jeter. Ele deu uma rebatida simples para o campo central, a quinta em cinco oportunidades, e fez o seu dia se tornar perfeito ao impulsionar Eduardo Nunez para o home plate. 5 a 4 Yankees!

E a cereja do bolo tinha que ser posta por mais um símbolo da atual história dos Yankees. Mariano Rivera entrou e fechou um jogo que foi perfeito não só para Derek Jeter, mas também para toda a família Yankee. Um dia que será lembrado por toda a história. Foi o dia de Derek Jeter, o único jogador que nasceu nos Yankees e nele irá ficar para sempre, que chegou até a marca de 3000 hits.

Vitória histórica, jogo histórico em uma linda tarde em New York. Parabéns Jeter, parabéns New York Yankees por ter jogadores tão especiais, parabéns aos fãs que admiram este clube e o nosso capitão.

Yankees e Rays encerrarão a série amanhã, às 14:05 (Horário de Brasília), com CC Sabathia iniciando o jogo.

3 comentários:

  1. Além de atingir as 3.000 rebatidas com home run ele ainda foi responsável pela rebatida que impulsionou a corrida da vitória parabéas aos jogadores do Tampa que deixaram a rivalidade de lado e aplaudiram de pé Derek Jeter. Muito legal isso

    ResponderExcluir
  2. o unico problema foi: seria mais legal se fosse contra o red sox!

    ResponderExcluir
  3. E alguns jogadores de Boston o parabenizaram. A rivalidade é sempre deixada de lado nesses momentos, todos ali (ou quase todos) na MLB são amigos. Jeter fez história!!

    ResponderExcluir